terça-feira, novembro 13, 2018

A Outra Chance – Afonso Celso Brandão de Sá

Nem sempre o homem é o senhor de suas decisões. Há certas circunstâncias em que o sentimento supera a razão e para todo o sempre há uma voz superior. O homem é o senhor do seu destino, mas ele deve responsabilidades a um ser superior. Um vírus mortal ataca a humanidade e coloca-a em risco de extinção. Um homem, designado por uma força superior para salvá-la descobre, afinal, a razão da existência dessa ameaça e porque fora escolhido para tal missão. No entanto, um preço muito alto terá que ser pago para conseguir esse objetivo. Mesmo sem querer, ele tem uma missão que terá que cumprir a qualquer custo, independente de sua vontade. Descubra os desígnios da humanidade, porque estamos aqui e se merecemos estar aqui.


A Outra Chance” Foi um livro que me surpreendeu imensamente e superou todas as minhas expectativas em relação a história e o enredo. A leitura fluiu de uma forma tão rápida e extremamente envolvente e terminei o livro em aproximadamente dois dias.

A história é iniciada de uma forma suave, em que o leitor “abraça” os personagens, os conhece e já pode-se dizer quem é o favorito. Ao decorrer, os acontecimentos são extremamente marcantes e intensos, sem deixar falhas ou dúvidas no contexto geral, é de fato uma história apaixonante, apesar de não se tratar de um romance.

O livro possui aproximadamente 200 páginas, folhas amareladas e letras que facilitam MUITO a leitura. A Chiado Editora está parabenizada pelo extremo capricho com a diagramação e designe.

Achei a história surpreendente, do início ao fim. É quase impossível em algumas partes do livro não soltarmos uma lágrima, pois os fatos são maravilhosamente intensos. Toda a história o leitor se pergunta o motivos de alguns acontecimentos que podem ser considerados trágicos, que apenas no final conseguidos ter o discernimento para tal.

Finalmente cheguei na parte que eu ansiava muito dizer, acho que TODOS os políticos, donos de grandes e pequenas empresas ou independente disso, TODOS deveriam ler, pois apesar de ser uma ficção, eu acredito que de fato possa acontecer algo do tipo, e que precisa de alguma forma haver o mais rápido possível uma conscientização da humanidade, para que a mesma não siga sua auto-destruição. SUPER recomendo a todos este livro maravilhoso.


Autor: Afonso Celso Brandão de Sá

Livro: A Outra Chance

Contatos:

f: afonsocelsosa
ig:afonsocelsosa
site: http://www.afonsocelso.com.br
e-mail: afonsocelso@afonsocelso.com.br
fone: (61) 98116-4328

Biografia do autor:

Nascido numa tarde de outubro em Morros, Maranhão, Brasil, Afonso Celso Brandão de Sá formou-se em Engenharia Mecânica em Belém do Pará tendo exercido essa profissão durante vinte e dois anos. É compositor e dedica-se também à literatura tendo, atualmente, três romances publicados: “KANSHIR – O Duelo dos Guerreiros Dourados, “A Outra Chance” e “O Limpador de Quintais”.
Ainda em 2016 lançará o volume II da trilogia KANSHIR, intitulado “Os doze destinos”, seu primeiro livro de contos da coleção “Eu conto um conto” e os dois primeiros livros infantis cujos títulos são “Amelinha e a bruxa malvada” e “As cores do arco-íris”, todos já concluídos.

Artigo anteriorVIII – SS Ourang Medan
Próximo artigoQuem é Você Alasca?

Biblioteca Exclusiva

Inácia – Texto por Eriberto Henrique

INÁCIA Seu nome foi encontrado em uma tumba secreta, escrito em um pergaminho, envolvido em fios de ouro. Diz a lenda que aqueles que tocarem...

Chaves antes da fama?

A série de TV Chaves se tornou um fenômeno no Brasil em meados dos anos 80 e até hoje faz parte da cultura pop...

As Chaves do reino – Parte 2

As Chaves do Reino Parte 2 Depois de séculos fazendo a triagem de livros de acordo com a ortodoxia cristã e aceitabilidade moral, o Vaticano acumulou a...

Uma nova luz sobre um governante negligenciado: Sobre a “Imperatriz: o surpreendente reinado de Nur Jahan”

A 20ª ESPOSA do imperador mogol Jahangir surpreendeu a todos atirando em quatro tigres com seis tiros. Ela também escreveu poesia, projetou roupas,...

Mulheres malignas nos campos de concentração nazistas

A Segunda Guerra Mundial foi nada menos que um gigantesco conflito militar, que tomou proporções de caráter global. Ocorreu entre os anos de 1939...

Tutancâmon: quem tem medo da maldição do faraó?

Em 26 de novembro de 1922, Howard Carter estava diante de uma porta selada bloqueando um corredor escuro. Atrás dele estava seu patrono,...

A BIBLIOTECA

Desbloqueie todo conteúdo exclusivo de altíssima qualidade para assinantes do Mistérios Literários.

Artigo anteriorVIII – SS Ourang Medan
Próximo artigoQuem é Você Alasca?
Marcelo Júnior
Escritor, CEO Fundador & Diretor Proprietário do Mistérios Literários.
Translate »